23 de Dezembro - 9ª Missa do Parto

Maria, arca da aliança

No tempo de preparação para o Natal a liturgia apresenta uma jovem virgem que vai dar à luz o Salvador. Apresenta também uma idosa estéril, Isabel, que vai ser mãe. Aos olhos do homem tudo parece impossível, mas aos da fé é fácil entender que tudo acontece porque Deus pode fazer maravilhas e intervir com o seu braço forte na história do homem, tornando-a história da Salvação. Quando nós não podemos, Deus pode. Todo o nascimento de s. João está rodeado de família e de alegria. Até os vizinhos querem entrar e participar nesta alegria. Num mundo onde tantas vezes nos alegramos com a tristeza e o fracasso dos outros eis que o Evangelho de hoje mostra-nos o viver e partilhar alegrias. Ser família não é só partilhar dificuldades; é viver alegrias. Ser família é alegrar-se e acolher a vida que nasce. Ser família é dar graças pela vida e pelo outro e acolhe-lo como um grande dom. Ser família é celebrar juntos momentos importantes e significativos da vida; é celebrar juntos a fé à volta do altar da Eucaristia ao Domingo. Ser família cristã é testemunhar a fecundidade do amor acolhido e partilhado; é testemunhar a beleza da vida em relação, em comunhão, em construção; é testemunhar a fé professada e anunciada. A Igreja doméstica atualiza a arca da aliança do Povo de Israel. A família é chamada a ser a continua escola da fé ao longo das gerações.
Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO