É fundamental ter uma clara noção de Igreja

«A Igreja não é uma simples instituição humana, um clube ou grupo cultural, um partido ou uma mera instituição de assistência social!», lembrou ontem o Bispo do Funchal, numa citação do Papa Bento XVI durante a visita à Alemanha.
D. António Carrilho considera que, por isso, «é fundamental para todos (cristãos/católicos e outros) ter uma clara, esclarecida noção de Igreja», pois, ela «tem uma natureza singular e uma missão especial», que é «anunciar o Evangelho, em ordem à fé e à vida nova em Cristo.»
O Bispo do Funchal falava na abertura da assembleia das direcções dos movimentos e obras laicais, e dos responsáveis dos secretariados e departamentos da diocese, que ontem decorreu no Convento de Santa Clara.
O encontro, que todos os anos acontece no mês de Setembro, teve como objectivo valorizar a «comunhão eclesial e a unidade pastoral», com o contributo dos vários carismas apostólicos.
«Apreciamos o dinamismo e a acção uns dos outros, solidários no amor e sem qualquer tipo de emulação. Para isso aqui estamos, reflectindo e partilhando a nossa vida de fé e missão, fortalecendo os laços da nossa comunhão diocesana, em torno do Bispo-Pastor», sublinhou D. António.
Aos participantes referiu ainda ser necessário «reflectir e projectar no exterior o que a Igreja é por dentro», com base no testemunho de cada um, porque «é diferente a Igreja vista de fora e vista de dentro, como um vitral», mas sem esquecer que «a Igreja está intimamente unida a Deus» e que «não se pode separar Cristo da Igreja», alertou.

Programa diocesano para os próximos tempos

O programa comemorativo dos 500 anos da criação da Diocese, entre 2011 e 2014, esteve também em destaque com a apresentação das suas linhas gerais, a cargo do Pe. Héctor Figueira. O mesmo acontecendo com a calendarização das actividades que ao longo do ano serão promovidas pelos movimentos e obras do laicado. Neste âmbito, foi ainda apresentado e distribuido um opúsculo contendo o “calendário diocesano de pastoral” para 2011-2012, «as principais iniciativas pastorais dos vários organismos», elaborado pelo Pe. António Estêvão Fernandes (secretário episcopal).

Novos responsáveis pela pastoral juvenil

Ainda no encontro de ontem foram dados a conhecer os novos responsáveis pelo Secretariado diocesano da Pastoral Juvenil, que a partir de agora passa a ser dirigido por Rafaela Abreu.
Por último, refira-se que aquela assembleia foi organizada pelo Secretariado diocesano de Pastoral, entidade que tem como director o cónego José Fiel de Sousa.

Vera Luza
Jornal da Madeira 25.09.11
Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO