Início dos 500 anos da criação da Diocese do Funchal

Palavras de D. António Carrilho, Bispo do Funchal, no início da Eucaristia Solene de abertura das celebrações Jubilares dos 500 anos da criação da Diocese do Funchal

Excelência Reverendíssima, Senhor Núncio Apostólico: é com imensa alegria que, em meu nome e de todo o Povo cristão da Madeira, vos saúdo e dou as boas vindas. Sentimo-nos honrados com o privilégio desta vossa visita e auguramos as maiores Bênçãos para o vosso ministério, como Representante do Papa Bento XVI, em Portugal.
Vós sois para nós o “sinal da presença e caridade do Santo Padre” a quem desejamos expressar o preito do nosso amor à Igreja, em profunda comunhão e fidelidade ao Sucessor de Pedro. Muito obrigado, Excelência Reverendíssima, por ter aceite estar connosco nesta data tão significativa para toda a Diocese do Funchal, em júbilo e acção de graças pela sua criação, no dia 12 de Junho de 1514, pelo Papa Leão X.
Saúdo, com igual júbilo, as Excelentíssimas Autoridades presentes, senhores Bispos, Sacerdotes, membros dos Institutos de Vida Consagrada e todo o bom povo da nossa querida Diocese, em especial os membros desta grande Assembleia, vindos de perto ou de longe, numa verdadeira expressão de consciência e comunhão eclesial. Saúdo, também, quantos nos acompanham através da rádio e da internet.

Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO