Renúncia quaresmal para o Fundo Social Diocesano

O FUNDO SOCIAL DIOCESANO É uma ajuda eficaz às situações de pobreza real, muitas vezes envergonhada através das instituições da igreja que já conhecem a realidade por exercer a sua actividade numa relação próxima e personalizada.

A renúncia será recolhida nos ofertórios de todas as igrejas e capelas da Diocese no Domingo de Ramos, dia 27 e 28 de Março:

«Foi com grande alegria que, apesar da crise financeira que a todos afecta, pude comprovar a generosidade do bom povo de toda a nossa Diocese, aquando do meu apelo de ajuda às vítimas do sismo do Haiti. Até ao dia de hoje, a soma das ofertas recebidas das paróquias e pessoas anónimas, na Cáritas e na Cúria Diocesana, totaliza a significativa quantia de 72.049,53€. A todos agradeço o testemunho da vossa caridade e peço a Deus que transforme em bênçãos a vossa resposta pronta, alegre e generosa».
«Pensando, também, em situações de carência mais próximas de nós, neste tempo difícil para tanta gente, destinamos a tradicional Renúncia da Quaresma deste ano para o Fundo Social Diocesano. Este Fundo, instituído na Quaresma de 2008, tem em vista, como então foi anunciado, “uma ajuda mais eficaz às situações de pobreza real, muitas vezes envergonhada, que algumas instituições da Igreja bem conhecem, por exercerem a sua actividade numa relação muito próxima e personalizada”».
«As ofertas desta Renúncia Quaresmal serão recolhidas em todas as igrejas e capelas, conforme é costume, nos ofertórios das Missas de Sábado e Domingo de Ramos, ou seja, nos próximos dias 27 e 28 de Março. Como sempre, a participação é muito livre, segundo as possibilidades e a consciência pessoal dos fiéis, na certeza de que Deus não deixará sem recompensa qualquer gesto de atenção e partilha fraterna».
D. António Carrilho
Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO