Festa de Nossa Senhora da Graça - Capela da Graça 2017


Diz-se que Nossa Senhora da Graça está para as gentes do Porto Santo como Nossa Senhora do Monte está para as da Madeira. E, de facto, é assim. É na pequenina Capela de Nossa Senhora da Graça, datada do séc. XVI, que todos os anos, precisamente a 15 de agosto, se celebra uma das maiores festividades da ilha do Porto Santo.
A pequenina ermida constitui um dos mais antigos templos construídos no Porto Santo, antes de 1533. Destruída no ano de 1812, foi reconstruída em 1951. Intimamente ligada à história da ilha, diz-se que aqui se refugiaram muitos dos habitantes para escapar à perseguição dos piratas. Desta realidade, bem provável, já que a ilha sofreu sucessivos ataques, à lenda que se diz estar na origem da construção da capela e na origem da própria festa vai um pequeno passo. Diz-se que por graça divina apareceu uma imagem de Nossa Senhora numa rocha, logo acima do sítio das Casinhas, decidindo-se construir ali uma capela. E se assim pensou, assim fez o povo que, devoto de nossa Senhora, a quis homenagear com um local de culto e a respetiva solenidade.
A festa de Nossa Senhora da Graça realiza-se em redor da capela devidamente ornamentada, tanto no interior como no exterior. São três dias de encontro da fé e da tradição. Um chamariz para naturais, mas também para muitos forasteiros que nesta altura do ano ali se encontram em gozo de férias.
Na véspera, dia 14, celebra-se a novena às 20:00 horas, a que se segue a romagem, com oferendas que ali chegam vindas de toda a ilha. No início da ladeira que dá acesso à ermida, juntam-se os romeiros que, ainda hoje, cantam cantigas ao som de uma braguinha, acordeão e viola, enquanto caminham em direção à pequena ermida, para depositarem os produtos no bazar.
No dia seguinte, 15 de agosto, realiza-se a Missa da Festa, pelas 18:00 horas e, logo depois, sai a procissão. Enquanto a imagem é levada num andor, em ombros, os sinos tocam. Uma vez a procissão regressada à igreja, o padre dá a bênção aos inúmeros fiéis, que ali acorrem para agradecer as graças recebidas ou simplesmente solicitar a proteção de Nossa Senhora.
Por fim, no dia 16 de agosto, pelas 20:00 horas, celebra-se a Missa de Ação de Graças.
Durante a noite destes três dias há animação com bandas e barracas de ”comes e bebes”, onde os naturais e forasteiros podem matar a sede e a fome.
Notícia: http://www.jornaldamadeira.com/2017/08/12/porto-santo-em-festa-homenageia-senhora-da-graca/

Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO