01 de Maio - São Tiago Menor, Padroeiro Principal da Diocese do Funchal


No “auto do voto”, lavrado solenemente na Catedral, narra-se a escolha do padroeiro: foi escolhido à sorte, enquanto a cidade sofria uma grave epidemia de peste. Colocaram num barrete os nomes de Jesus, da Virgem Maria Nossa Senhora, de São João Baptista e dos doze Apóstolos, e um menino de sete anos, chamado João, retirou um dos papéis, depois de todos se colocarem de joelhos em oração e prometerem fazer uma casa em honra daquele santo que por sorte saísse. Quis Deus que fosse São Tiago Menor. Logo foi festejado por toda a cidade e, em Julho desse ano, começou a construção da Capela do Voto, indo a cidade e os cónegos em procissão solene com o retábulo do Bem-Aventurado Apóstolo.
São Tiago é para todos protector e modelo de santidade; como mestre, continua a exortar-nos à confiança e ao abandono nas mãos de Deus em tudo o que fazemos, pronunciando sempre as palavras: «Se o Senhor quiser» (Tg 4, 15). Ele ensina-nos a planificar a nossa vida, dando espaço à vontade de Deus, que sabe qual é o verdadeiro bem para nós.
Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO