Funchal, primeira diocese católica global


O Funchal é considerada a primeira diocese católica global porque quando foi criada, em 1514, teve jurisdição sobre as Igrejas de quatro continentes, no contexto da expansão marítima portuguesa. O congresso internacional ‘Diocese do Funchal – 500 anos. A primeira Diocese Global’ deverá espelhar o seu envolvimento “no dinamismo de construção de uma sociedade nova que não era só regional, mas nacional e global”, afirmou esta segunda-feira à ECCLESIA o presidente da comissão organizadora. A iniciativa, que segundo o Jornal da Madeira decorre a 18, 19 e 20 de setembro de 2014 no Funchal, pretende também destacar a influência da diocese na consolidação da sociedade madeirense, explicou José Eduardo Franco durante a sessão de apresentação do Congresso realizada no auditório da Reitoria da Universidade da Madeira. Para o presidente da Comissão Científica a diocese integra-se no “processo de transição de uma Igreja ainda medieval e fechada num mundo relativamente circunscrito para uma Igreja que se está a abrir mas que ainda não começou verdadeiramente a missionar”. “No Funchal foi criada a primeira pedra de uma estrutura complexa à escala mundial de organização da Igreja diocesana, ou seja, não de uma Igreja vocacionada para a conversão dos outros mas para o acompanhamento das comunidades de crentes”, acrescentou João Paulo Oliveira e Costa. O bispo do Funchal sublinhou que o congresso se enquadra no plano das comemorações dos 500 anos da diocese, que visa a “renovação espiritual e pastoral” dos fiéis: “Queremos comunidades cristãs vivas e apostólicas, queremos uma Igreja com consciência missionária, uma Igreja em missão, que sempre a teve”. “É importante que esta consciência se avive para dar ao presente e ao futuro a responsabilidade de uma Igreja que vive não para si mesma mas para servir e ser portadora do Evangelho”, declarou D. António Carrilho. O prelado considera que a iniciativa visa igualmente valorizar a herança do cristianismo: “Não podemos ficar a olhar só para trás, temos de olhar para a frente, mas não podemos prescindir do conhecimento daquilo que é a riqueza recebida e que é razão de ser dos nossos valores e tradições”. A diocese foi criada pelo Papa Leão X, com a bula ‘Pro excellenti praeeminentia’ de 12 de junho de 1514, desligando o novo bispado da jurisdição da Ordem de Cristo.

Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO