Três novos padres na diocese do Funchal

A Diocese do Funchal tem a partir de hoje (24 de Julho) três novos sacerdotes: Hugo Gomes (paróquia de Santana), Ricardo Freitas (Preces) e Luís Miguel Pedreira (Santa/Porto Moniz). A cerimónia de ordenação na Sé do Funchal e é presidida por D. António Carrilho.
Com as três ordenações de hoje, a Diocese do Funchal passa a ter 78 sacerdotes diocesanos, para além dos 20 padres religiosos de vários institutos. A média de idades é favorável, 41 têm menos de 60 anos. No contexto da Igreja portuguesa, o Funchal está no grupo daquelas dioceses que mais ordenações apresenta nos últimos anos.
Neste momento, para as 96 paróquias e outros serviços pastorais da Diocese, estão nomeados 53 sacerdotes; e outros oito estão fora, em serviços de missão ou por motivo de estudos. Além disso, algumas paróquias “continuam a ter à frente sacerdotes de idade já avançada. Uma realidade que tem a ver com a falta de sacerdotes novos para os substituir ou com os próprios que desejam continuar no activo”, explicou ao Jornal da Madeira o Pe. Marcos Gonçalves, responsável pelo Gabinete de Informação da Diocese.
“Há ainda os que, mesmo já não tendo muitas forças continuam a gostar do trabalho pastoral. Mas, não estamos a falar de um trabalho, mas de uma vida. Mesmo em casa continuamos a ser padres e a trabalhar para o bem de toda a Igreja, em colaboração com o Sr. Bispo”, acrescentou o Pe. Marcos que é também reitor da igreja do Colégio e vigário judicial da Diocese.

Missas dos novos sacerdotes
Entretanto, são estão marcadas as “missas novas” dos sacerdotes que são ordenados esta manhã:
- Ricardo Freitas, amanhã, na Paróquia das Preces, às 16 horas
- Luís Miguel Pedreiro, dia 1 de Agosto, na Paróquia da Santa (Porto Moniz), às 16 horas
- Hugo Gomes, na Paróquia de Santana, dia 8 Agosto, às 16 horas.

Jornal da Madeira
Enviar um comentário
VIDEO DE PORTO SANTO